domingo, 20 de abril de 2014

Quando a morte significou a vida



A morte leva a sensação de tristeza e parece insistir em acabar com as melhores historias contadas em todos os tempos. Quem nunca ouviu falar dos amores separados por ela. A mulher que perde seu marido o filho que cresce sem o pai, o amigo que ve partir seu confidente.
A alguns anos descobri que a morte pode trazer a salvação o amor antes procurado nos sorrisos e nunca encontrado e a esperança contida num abraço que se perdeu, pois foi na morte da pessoa que mais me amou nesse mundo que eu pude finalmente viver,
Eram as mesmas aquelas suaves mãos, as mesmas mão que criaram as estrelas e os céus elas cuidadosamente estavam me formando para trás alguém levanta o martelo o coração daquele soldado bate, alguém deve suster sua vida minuto a minuto.
Quem dá o fôlego aos seus pulmões ?
O homem desfere o golpe tudo aquilo começa entrar em seu imaculado ser. 
Filho do homem por que caminhos você andou?
Para cima! Levantem a Cruz !
Ele me olhou com aquele olhar aquele doce olhar que me diz segura a minha mão pq hj apaguei a ultima luz negra daquele rude passado que te assombrava tanto. 


quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Tal do amor

Exatamente a 4 meses atrás. 120 dias ou 2280 horas atrás estávamos aqui pra resposta mais curta e difícil que tivemos juntos até hj 

Pra ser sincera existem receios daquele dia Q perpetuaram 

Mas vc me disse uma coisa que me deu coragem: é uma tentativa Bru.

Apesar de desejar a cada dia Q um novo dia exista pra nos vc faz com que tudo pareça mais leve nessas palavras

O maior mistério pra mim é como alguém pode se doar e continuar inteiro e eu tenho descoberto ele com vc 
Não sei onde estaremos daqui a 4 meses ou o que nos terá acontecido nos próximos 120 dias ou ainda o que teremos feito com as nossas próximas 2280h mas quando olho pra mim e quando olho pra vc não posso acreditar que ainda que lá na frente decidamos seguir caminhos separados isso tenha sido um erro. Ver quem eramos 4 meses atras e o que temos nos tornando com a ajuda um do outro, todo o seu esforço para ser um homem melhor para vc e consequentemente pra mim tem dado frutos e sou feliz por ver e comemorar com vc cada um deles
Então se lá na frente nossas vidas tomarem novos rumos , não me digam Q foi um erro pq fomos instrumentos de Deus na vida um do outro para nós tornarmos pessoas melhores e enxergarmos aquilo que há de melhor e pior em nos 
Pq se eu tivesse que dizer alguma coisa de vc hj diria sobre o  namorado maravilhoso Q é pra mim. Seu cuidado, seu respeito, sua cumplicidade, sua amizade, sua presença, seu romantismo suas palavras, sua sensibilidade, sua compreensão, sua paciência, seu coração e seu dom de sempre me fazer sentir melhor 
Vc é um homem doce e tem me feito uma mulher feliz !
Me perdoa se as vezes os defeitos saltam mais que as qualidades, se as palavras faltam, se o vazio as vezes existe . Se o medo ainda impera ou se o amor é condicionado 
Mas por todas as razões que citei por tudo Q vc me ensinou hj eu digo ainda Q amanha não seja nada disso 
Eu amo vc! 


video
Deus , Você e Eu S2

domingo, 22 de setembro de 2013

O lugar que Ele está

Vc já ouviu sobre o inferno?
Talvez vc já tenha estado por lá.

Foi Caminhando nos trilhos da vida que  descobri que inferno é qualquer lugar que A presença de Deus não esteja e céu qualquer lugar que ele entre.

no dia em que Jesus quitou a nossa dívida desceu até o inferno e tomou o domínio da morte e da vida, naquele dia a terra virou o inferno e até o inferno virou céu

domingo, 27 de janeiro de 2013

Em uma praia qualquer o mundo se divide entre as crianças que ficam na areia se dedicando a tarefa de construir seus castelos na areia, e aquelas que vão para o mar desafiar as ondas. Não sei quanto a você mas eu sempre estive no segundo grupo.
Onda após onda a expectativa cresce você olha aquela imensidão azul e espera. 
Existe um mistério incrível na distancia entre você e a onda. Ao longe, algumas parecem realmente desafiadoras, mas você só saberá seu verdadeiro tamanho quando ela chegar.Porque muitas delas de tão altas quebram, chegando até você com aquele ar de derrota de dar dó. Ela perdeu. Bem ali na sua frente. 
Contudo existem aquelas gigantes que usam a distancia a seu favor e chegam até você no ápice de sua existência. 
Qualquer experiente em desafiar ondas sabe bem que algumas ondas você simplesmente não pode vencer. São grandes demais para pular.Você só tem uma alternativa, será preciso respirar bem devagar e mirar aquela danada. Você precisa acertar o ritmo entre os seus pulmões e aquela água toda. Sem piscar. Mantendo a calma então na hora certa você respira bem fundo , tomando todo o ar que lhe couber nos pulmões, então mergulhará o mais fundo que puder. Você não sentirá nada se estiver submerso.
Ondas são grandes e fortes, mas superficiais. Depois de alguns segundos você volta e pronto, ela se foi. 
Será derrotada por sua própria grandeza antes de chegar em outro aventureiro. Você continua em frente.
Estou vendo uma onda agora, ela me parece realmente grande. Não sei se a distancia entre nos será suficiente para me poupar, por isso estou respirando bem fundo agora. 
Acredite por mais feroz que possa parecer, entre a segurança da areia e a calmaria do oceano, existe um mar que você precisará enfrentar.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Balanço Final

2012 ta levando de mim: um amor , meia duzia de amizades sem verdade, uma menina de sonhos cor de rosa, o direito de pagar meia entrada no cinema, uns três medos bobos e um pedaço da minha historia que guardaram em um caixão. Me deixou: um novo sonho, uns 3 novos irmãos, me devolveu dez velhos amigos, uma duzia de gente pra andar do meu lado, uma profissão pra chamar de minha, uma dose extra de independência e liberdade, algumas certezas outras incertezas, 5 verdades sobre mim e 365 dias pra fazer valer a pena.
Aprendi que se está doendo você chora, que a palavra socorro foi inventada por motivos óbvios e tá liberado o uso, que se você precisa de amor não há mal nenhum em dizer, que tem ao menos mais um bilhão de pessoas com o mesmo problema que o seu, que da próxima vez que eu amar alguém que se dane a razão, eu vou fazer valer a pena. Que eu vou atras de quem é importante e que eu não vou deixar gente que eu amo ir embora.
Depois de tantos anos me adaptando, me ajustando a toda essa coisa de maturidade que exigem da gente por aí, eu decidi uma coisa em 2013 chega de me auto boicotar, não vai ser fácil mais depois de tantos ajustes para ser o que eu deveria ser me dou o direito de ser um pouco quem eu quero. To colocando a cara pra fora, pulando fora do casulo, porque eu aprendi que quando se trata da vida meus caros, o golpe  maior vem de dentro e por isso doí de qualquer jeito, com armadura ou sem ela. 
Se a vida é mesmo ganhar e perder, penso que eu lucrei.
Feliz 2013

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O verdadeiro pra sempre (outra vez)



Primeiro aquele silencio, que conta tudo o que as palavras não poderiam dizer. Depois as lagrimas o interromperam. 

Me lembrei de todas as vezes em que anualmente eu me despedia, depois de despachar as malas o vô sempre fazia questão de pagar o café e o pão de queijo, você sempre preferiu o suco de laranja. Depois de comer era hora de dizer tchau e então vocês entravam no que pra mim era uma porta misteriosa, sempre quis saber o que tinha atrás daquela parede, que me separava de vocês e me fazia chorar, então eu saia correndo pro terraço e só ia embora depois que meu pai me convencia de que o primeiro avião que eu via decolar levava vocês dentro dele. 



Foi assim, a morte levou você dentro dela. O andar do seu chinelinho arrastado, você sentadinha no sofá roendo as unhas, me chamando pra deitar com você no cantinho da cama. Você pegando açúcar escondido enquanto minha mãe estava de costas e fazendo sinal pra eu ficar quieta. Sua risada. Você deitadinha no meu ombro dizendo que estava com medo antes de ir pro hospital. As vezes que eu deixei você cuidar de mim, enquanto eu quem cuidava de você. Tudo é como tinta fresca na minha memória. 

Você foi minha vó e minha irmã mais nova. E quando eu fecho meu olho lembro de você parada no corredor dizendo que ia se deitar, as vezes você ficava parada esperando que a gente se levantasse pra te dar um beijo. Você ria quando inventávamos de dar um beijo sanduíche. E eu dizia: Amo muito a senhora, e você respondia : Eu também, amo muito vocês. 

Isso me conforta, saber que você morreu sabendo tudo que foi pra mim, a velhinha doce que encantava e apaixonava aonde ia, até sedada no hospital se apaixonaram pela senhora sabia? 

Enquanto você dormia no hospital, eu procurei aquele café mas ele não tinha o mesmo gosto, o terraço não fica mais no mesmo lugar e o aeroporto já não me pareceu tão grande. E você tinha razão as casas lá de cima ficam piquininhas, e elas também me encantam. Eu também descobri o que tem atrás daquela porta, confesso que na minha imaginação era muito mais bonito, e um dia eu também vou descobrir o que tem ai do outro lado. 

Você fez sua ultima viagem, tomamos nosso ultimo café, e eu te dei meu ultimo abraço. E assim como na primeira vez o vô foi na frente e agora vocês dois estão juntos de novo, e embora com muita saudade sei que vocês finalmente chegaram em casa.
http://bruna-and.blogspot.com.br/2009/02/o-verdadeiro-para-sempre.html

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Livra me


Olhei as paginas da minha vida procurando por respostas.
Aonde isso começou?
Aonde irá terminar?
Será que eu ainda possa me encontrar? Ainda que eu tenha andado por caminhos que me levaram a me perder?
Vasculho os arquivos dos meus pensamentos onde encontro diversas pastas nomeadas por sentimentos: Amor. Dor. Descepção. Insegurança. Medo. Prisão. Orgulho.  Indiferença. Ira.
Tudo isso aqui dentro me reduz, me limita, me assusta. Onde estou?
Não há espaço pra mim. Não há chão, nem proteção. Em mim mesma não encontro escape nem solução
Sera que alguem pode me ajudar?
Alguém tem um mapa? 
Alguem pode me dizer o caminho?
Eu preciso encontrar o que falta dentro de mim, o que me aprisiona dentro dessa caixa apertada, que me sufoca e me mata aos poucos.
Eu não sei o que fazer. Eu não sei pra onde ir
Quem poderá me dizer o caminho? 
Quem me guiará até o caminho que me leve a resposta?

"Ouça a minha voz
Ouça a minha voz
Estou aqui, filha minha
Estou aqui te conduzirei
Ouça minha voz
Por caminhos tens andado sozinha
Mas eu sei que não consegues mais filha minha
Estou aqui
Ouça me
Estou aqui "


Deus!!!
Ouve um momento que eu não conseguia ver, que eu não conseguia entender. Não podia encontrar o caminho pra completar a minha historia. Eu o conhecia mais não podia senti lo, não o via agir!
Foi nesse momento que eu admiti que eu havia sido abandonada. Me senti humilhada rejeitada. Eu achava que não merecia mais  seu olhar. Foi então que eu resolvi me abandonar deixei de me amar, me anulei, deixei de sonhar.
Não tinha mais prazer na minha dança eu precisava de uma mudança. De uma nova historia que pudesse  queimar todas as pastas que foram arquivadas na minha alma. Mas a cada vez que eu me reerguia outra marca de dor reabria todas as pastas do meu coração e me levava de volta pro chão.
Sera que eu ainda tenho um coração?
Eu não ouço mais suas batidas em seu lugar há uma pedra de gelo que amortece toda a dor. Impedindo que novas marcas sejam gravadas na minha alma.
Será que existe um fogo capaz de derreter esse tipo de gelo? Aonde está a melodia da minha canção que foi arrancada nos primeiros compassos?
Oh Deus! Por favor, o que eu faço para que a musica volte a tocar?
Quero voltar a dançar. Eu preciso mudar, mas a minha alma já se esvaiu por completo e eu não tenho mais forças.

"Eu que bem sei os pensamentos que tenho a teu respeito
Aquiete sua alma descanse em meus braços
Pois o seu passado eu apaguei com meu próprio sangue
Com fogo do céu as pastas queimei e um novo coração eu criarei

Descansa em mim no suave tom da voz do espírito
Algo novo farei
Sua alma resgatei
Suas lagrimas regaram a terra onde plantei seus sonhos
Farei brotar uma nova vida
Sararei sua memória mostrarei a minha gloria.

Esqueça o passado e não olhe para trás e a minha melodia
Guiará seus passos.

Dança comigo, dança comigo
Amada filha minha
Dança comigo, dança comigo
Amada filha minha
Hoje te amo ainda mais
Intensamente "


Texto: Vanessa Senna 
Melodia: Esther Oliveira